Me Likeia!

01/01/2009



Foram tantas emoções! Fomos passar a virada de ano no Haras de um primo. Quando entramos no carro e andamos um pouco desabou um temporal em BH. As tampas dos bueiros eram fontes, as ruas eram rios, era difícil enxergar, tivemos que retornar em uma rua porque os carros não passavam, nem o meu nem o da Cinthia, o da Wá era o único com chances. Devagarzinho chegamos a uma das vias principais de saída de BH e a chuva estava um pouco melhor, continuamos. Wá e Cinthia já tinham cogitado a possibilidade de voltarmos para casa. A Cinthia me ligou e como estava no dirigindo a Gabi atendeu. Ela disse que era para eu acender os faróis, estavam apagados, kkkk. Depois ela ligou de novo e Gabi me falou que ela disse que era para eu colocar faróis altos e seguir assim. OK, eu fiz. Mas na verdade Cinthia avisou a Gabi que eu estava caolha, quer dizer, só um farol baixo funcionava o outro estava queimado, mas Gabi achou que ela estava de gozação me chamando de caolha e não avisou e lá fui eu usando as duas fazes dos faróis sem saber. Eu não enxergava nada, eu fui atrás do carro da Wá me guiando pelas lanternas. Sinceramente teve momentos em que achei que eu não ia conseguir, a chuva continuava muito forte. Grande parte do trajeto fomos em fila indiana, vários carros, todo mundo com medo e alguns doidos passavam quase voando por nós. Dentro dos carros rolava o barraco, todo mundo brigava com todo mundo e Wá e Cinthia brigavam pelo telefone. Todo mundo tenso. O sam repetia um mantra: Ela vai acabar com a gente, ela vai acabar com a gente, se eu acelerasse um tiquinho mais, ele gritava, rs rs. No pedaço de terra, pequeno, os carros patinavam. Quando chegamos eu desci do carro na chuva, tremendo, com dor de cabeça mas não matei ninguém, rs rs.

Mas pensei na possibilidade de deixar o carro de presente para o primo e voltar a pé pra BH. Durante o trajeto eu pensei várias vezes em desistir, mas eu sou macho pra que??

Valeu a pena, quando vi onde estávamos, BH vista por todo o horizonte, um lugar lindo, cheio de verde, com um orquidário maravilhoso e com uma festa muito legal esperando pela gente, todo o medo foi embora, tudo mudou. Ficamos rindo das brigas e do clima tenso dentro dos carros.

Foi muito bom, rimos, cantamos, vimos os fogos no horizonte imenso da cidade e retornamos na madrugada ainda um pouco chuvosa, mas o pior já tinha passado.




 

Fofocas de Marte! Copyright © 2009 Flower Garden is Designed by Ipietoon for Tadpole's Notez Flower Image by Dapino

Layout by NEIVA